Nem tudo é Alzheimer

Foto por Ivan Cujic em Pexels.com

Nem todas as doenças degenerativas são Alzheimer. Existem outras que são muito parecidas, como o caso da Demência Frontotemporal (DFT), da Demência por Corpos de Lewi e a Demência Vascular.

Demência Frontotemporal

A primeira doença que se destaca do Alzheimer é a Demência Frontotemporal (DFT), que se diferencia da primeira por apresentar distúrbios no comportamento antes do aparecimento da disfunção cognitiva.

Nesse caso, os pacientes se apresentam rudes, irritáveis, lhes faltando filtro social; ocorrem também mudanças de personalidade, levando à promiscuidade com sexualidade aumentada e tendência à compulsividade. Comportamentos antissociais também são comuns no desenvolvimento da DFT; tais comportamentos antecedem em até dois anos os comprometimentos cognitivos.

Também é comum a pessoa ter ganho de peso devido a algumas modificações alimentares, como aumento de consumo de carboidratos e doces. Essa mudança de preferência alimentar é muito parecida à síndrome de Klüver-Bucy.

Outra característica da DFT é quando o paciente se olha no espelho e não se reconhece, atribuindo a sua imagem a outra pessoa.

A seguir, destacamos as principais diferenças da Demência Frontotemporal e Demência de Alzheimer.

Demência Frontotemporal

  • Mudança de personalidade no início do quadro e isolamento social,
  • Produção de linguagem reduzida, não apresenta iniciativa para conversação, e
  • Violação das regras de interação social.

Demência de Alzheimer

  • De início, apresenta amnésia e encontra-se com desorientação espacial e distúrbio de linguagem,
  • Também é comum ter dificuldade para encontrar a palavra certa durante uma conversa, e
  •  Sua capacidade de empatia não se altera, assim como seu ajustamento social demora mais para ser comprometido.

Demência com Corpos de Lewy

A Demência por Corpos de Lewy vem recebendo muita atenção por apresentar sintomas muito parecidos com a DFT, com manifestação do comprometimento frontal e surgimento de dificuldade nas funções executivas.

Alguns prejuízos como parkinsonismo, sintomas psiquiátricos (alucinações, delírios e confusão mental), dificuldade em desenhar e variação entre o estado de alerta e sonolência podem ser encontrados nessa demência.

Demência Vascular

A Demência Vascular aparece em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Seus prejuízos são muitos parecidos com os causados pelas outras demências: perda de memória, comprometimento na função executiva, o paciente não consegue dar início em algumas tarefas, apresenta lentidão de raciocínio, seu humor e personalidade são alterados e linguagem prejudicados. Algumas dessas alterações tem início mais precoce e as outras, mais tardiamente.

Outros comprometimentos

Além das demências acima descritas, existem outras não tão comuns, que serão abordadas em outro momento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: